segunda-feira, 26 de março de 2012

Páscoa feliz















Transformar ovos verdadeiros em Obras de Arte é um costume ortodoxo com origem nos Países de Leste.
Esta tradição foi trazida para a Europa, nomeadamente para a corte de Luís XIV, em França, tendo sofrido algumas alterações: assim, por exemplo, os ovos verdadeiros passaram a artificiais, de madeira, porcelana, metal, etc...
Os alunos do 9º C e 9º D criaram estes ovos do século XXI, na disciplina de Educação Visual, sob a orientação da professora Ana Vinhas, desejando a toda a comunidade educativa uma Páscoa Feliz.
Também a equipa da BE, com as imagens desta exposição, se associa a estes votos de uma Feliz Páscoa para todos!

Uma perda para a Literatura

Antonio Tabucchi faleceu, ontem, em Lisboa, aos 68 anos. 
Autor muito ligado ao nosso país, conheceu Portugal desde os 22 anos e considerou-o o seu “país de adoção”. Tabucchi nasceu em Pisa, Itália, em 1943, estudou Filologia Românica e, a partir de 1962, Literatura em Paris, onde descobriu o poeta Fernando Pessoa ao ler a tradução para o francês de um de seus poemas. Apaixonou-se pela obra de Pessoa que traduziu, dirigindo a edição italiana dos seus textos. 
Vários romances de Tabucchi foram adaptados para o cinema, entre os quais "Afirma Pereira", com Marcello Mastroianni como protagonista, o que contribuiu para o sucesso da obra. 
O livro "Afirma Pereira" existe na nossa biblioteca e é a história atormentada da tomada de consciência de um velho jornalista solitário e infeliz, tendo por pano de fundo o  Salazarismo Português, o Fascismo Italiano e a Guerra Civil Espanhola.

quarta-feira, 21 de março de 2012

Concurso de Poesia - 2º Ciclo


       Céu

Todo o Mundo

Está coberto por um véu

Que se chama céu.


Ele é azul

Outras vezes cinzento,

Com nuvens brancas

Desenhadas pelo vento

E por ele espalhadas


Com formas engraçadas.                              


Esse belo céu

Todos podem ver,

Cobre o Mundo e a nós

E sempre o podemos ter

Acompanhados ou a sós.
                                        
              Margarida Gingeira, 5.º B, n.º 14

Concurso de Poesia - 3º Ciclo


Rua da Freixa,

                      Ode a Quem sofreu



Robusta a Freixa

Que deu origem

Ao rio da minha aldeia

Leito da nascença, da descoberta

Do desespero, da morte.



Também eu o percorri

Também nele mergulhei

Também eu sou a Freixa

Que o viu nascer



Quem sobe à torre

Para onde seus mil ramos apontam

Conhece-la como a Torre

Daqueles que amam

Mas quando acontece

Que esta aprisiona

O carrasco que corre,

Para fazer sofrer

Marca apenas a sentença, (de novo surpreendente)

De quem sonha, de quem sofre

Para ali permanecer.



A Freixa, agora intemporal

Promete embalar Quem a deixou

Violada, Usurpada

Assegura o Rio de que nada mudou.


                                                                                             Mariana Araújo, 9º A, Nº 21

Concurso de Poesia - Secundário

Publicamos hoje, Dia da Poesia, os poemas finalistas da nossa escola, em cada nível de ensino, do Concurso "Há Poesia na escola?". Começamos pelo poema do Secundário que foi vencedor também na Final Concelhia! Parabéns a todos os participantes!

A Natureza Do Teu Ser

Chegas com música nas mãos e

Asas nos pés.

Ergues os anjos quebrados

E Iluminas a noite

Da alma esquecida.


 A tua voz desliza e

despe-se em encantos.

Amanhece nos meus ouvidos

com cravos e amoras e

leves acordes lunares. 


Desfazes-te em água
Simples e pura,
  Como as fontes e os rios,
arde cada gota,
na ternura extrema.


Contigo, o oceano do desejo,

Searas verdes e papoilas onduladas

Um horizonte aberto

Todos os instrumentos da alegria

E eu a descobrir-me mulher.

                                                           Patrícia Eloy, 11º H, nº 20

Concerto Primavera



Hoje, dia da Poesia e da Árvore, realizou-se no Grande Auditório um Concerto a celebrar a Primavera. Participaram os alunos das duas turmas do 5º Ano, Turma A, de Dança, e Turma B, de Música, que apresentaram um repertório variado de música, dança e poesia, com muito ritmo e alegria.
Parabéns a todos os participantes, alunos e professores que os orientaram!

segunda-feira, 19 de março de 2012

Pétalas literárias


A FLORBELA ESPANCA, com admiração
Numa loucura que seduz,
E no auge da mocidade,
Ela tem ódio à luz
E raiva à claridade.

Perdida na noite escura,
É a própria escuridão.
Só, apaixonada, insegura,
Faz do céu roxo o seu chão.

Lágrima de mágoa,
grito sufocado,
Reflexo na água,
Poema rasgado…

Silêncio que alimenta a paz,
O mundo abafa-a se olhar p’ra trás…

Quer ser ELA,
Ser diferente;
Grita em cada verso tudo o que sente;
E se mente… é só para esquecer
O gelo amargo de um beijo
Que queria quente.

FLORBELA – extraordinária e irreal viagem:
          Bela Flor…
                       Em cada pétala - uma miragem!

Maria Teixeira Barros, 10º F

Os livros que devoraram o meu pai, de Afonso Cruz




Afonso Cruz

Além de escrever, Afonso Cruz é ilustrador, realizador de filmes de animação e compõe para a banda de blues/roots The Soaked Lamb (onde canta, toca guitarra, harmónica e banjo). Nasceu em 1971, na Figueira da Foz, e haveria, anos mais tarde, de viajar por mais de sessenta países. Vive com a sua família num monte alentejano onde, além de manter uma horta e um pequeno olival, fabrica a cerveja que bebe. Em 2008, publicou o seu primeiro romance, A Carne de Deus – Aventuras de Conrado Fortes e Lola Benites e, em 2009, Enciclopédia da Estória Universal, galardoado com o Grande Prémio do Conto Camilo Castelo Branco – APE/Câmara Municipal de Famalicão. Escreveu, ainda, Os Livros Que Devoraram o Meu Pai (Prémio Literário Maria Rosa Colaço 2009), A Contradição Humana (Prémio Autores 2011 SPA/RTP; seleção White Ravens 2011; Menção Especial do Prémio Nacional de Ilustração 2011) e A Boneca de Kokoschka. 
Os Livros Que Devoraram o Meu Pai  
Sinopse
Vivaldo Bonfim é um escriturário entediado que leva romances e novelas para a repartição de finanças onde está empregado. Um dia, enquanto finge trabalhar, perde-se na leitura e desaparece deste mundo. Esta é a sua verdadeira história — contada na primeira pessoa pelo filho, Elias Bonfim, que irá à procura do seu pai, percorrendo clássicos da literatura cheios de assassinos, paixões devastadoras, feras e outros perigos feitos de letras. 

Ernestina, de J. Rentes de Carvalho

José Rentes de Carvalho

De ascendência transmontana, J.Rentes de Carvalho nasceu em 1930, em Vila Nova de Gaia, onde viveu até 1945. Frequentou no Porto o Liceu Alexandre Herculano, e mais tarde os de Viana do Castelo e de Vila Real, tendo cursado Românicas e Direito em Lisboa – onde cumpriu o serviço militar. Obrigado a abandonar o país por motivos políticos, viveu no Rio de Janeiro, em São Paulo, Nova Iorque e Paris, trabalhando para jornais como O Estado de São Paulo, O Globo ou a revista O Cruzeiro. Em 1956 passou a viver em Amesterdão, na Holanda, como assessor do adido comercial da Embaixada do Brasil. Licenciou-se (com uma tese sobre Raul Brandão) na Univ. de Amesterdão, onde foi docente de Literatura Portuguesa entre 1964 e 1988. Dedica-se desde então exclusivamente à escrita e a uma vasta colaboração em jornais portugueses, brasileiros, belgas e holandeses, além de várias revistas literárias. A sua bibliografia inclui romances (entre eles, Montedor, 1968, O Rebate, 1971, A Sétima Onda, 1984, Ernestina, 1998, A Amante Holandesa, 2003), contos, diário (Tempo Contado ou Tempo sem Tempo), crónica (Mazagran, 1992) e guias de viagem



Ernestina 
Sinopse 
Ernestina é mais do que um romance autobiográfico ou um volume de memórias de famílias ficcionadas. É um fresco de Trásos- Montes, dos anos 1930 aos anos 1950, um romance que transcende o relato regionalista e que transpôs fronteiras, transformando-se num fenómeno editorial na Holanda.
Ernestina é também o nome da mãe do autor e da intrépida protagonista deste livro. Sobre ela J.Rentes de Carvalho disse: «Mãe de um só filho, a sua vida, que foi uma de tristeza, amargura e terrível solidão, dava um livro. Escrevi-lho eu. E a sua morte quebra o último elo carnal que me ligava à terra onde nasci. Felizmente são ainda muitos os laços que a ela me prendem.»

quinta-feira, 15 de março de 2012

Concurso Nacional de Leitura


A segunda fase do CNL, no distrito de Coimbra, vai decorrer na Biblioteca Municipal da Figueira da Foz, no dia 18 de Abril.
Os livros seleccionados são: 

3º Ciclo:                                                                                                      Secundário:



Concerto Primavera

Na próxima quarta-feira, dia 21, pelas 14h30, no Grande Auditório, vai realizar-se o Concerto Primavera com os alunos das turmas do 5º Ano que inclui momentos de dança, música e poesia, organizado pelo Conservatório de Música de Coimbra, a que se associou a professora de Língua Portuguesa destes alunos.
Com este evento pretende-se apoiar a ASBIHP (Associação Spina Bífida e Hidrocefalia de Portugal), através da venda de lápis e outros produtos que a ASBIHP disponibilizará.
Este é um espetáculo a não perder!

Adivinha quem vem contar?



Nesta 4ª feira, o 10º H, turma do Curso Profissional de Técnico de Apoio à Gestão Desportiva, recebeu a visita surpresa do professor José Pedro Fernandes, dando continuidade à atividade “Adivinha quem vem contar…”, que decorreu na semana passada, no âmbito da semana da leitura.
O José Pedro é professor de Educação Física na nossa escola e está a completar a licenciatura em Jornalismo, na FLUC.
Lançámos um desafio -  relação Jornalismo/Desporto – e, desde logo, o professor se mostrou entusiasmado com a ideia.
Foi muito, mesmo muito, interessante… falou-se da vida , da vida académica, da vida profissional…. dos géneros jornalísticos (notícia, crónica, reportagem e artigo de opinião), de Jornais , dos interesses socio-económicos, leu-se uma crónica – “Regresso ao passado para compreender o presente”, de J.O. Bento - e falou-se, sobretudo, do TEMPO, o tempo que temos e o tempo que não temos… enfim, uma aula completa com direito, ainda,  a respostas às perguntas colocadas pelos alunos.
Muito obrigada, Zé Pedro, pela magnífica aula com que nos brindaste.….

A professora de Português
Graça Trindade

Entrega de prémios


Hoje entregámos os diplomas e prémios aos vencedores do Concurso de Poesia e do Concurso de Leitura Expressiva, assim como Certificados de Participação neste último concurso. Nem todos puderam estar presentes, mas para todos vão os nossos parabéns e votos de que continuem a participar, com tanto entusiasmo, nestas iniciativas!


Os vencedores da 1ª Fase (Escola) do Concurso de Poesia "Há Poesia na escola?", da Rede de Bibliotecas de Coimbra, foram:


2º Ciclo - Margarida Gingeira, 5º B
3º Ciclo - Mariana Araújo, 9º A
Secundário - Patrícia Eloy, 11º H



terça-feira, 13 de março de 2012

Exposições Dia Internacional da Mulher


Para comemorar o Dia Internacional da Mulher, várias exposições estão patentes na biblioteca e hall de entrada. Nunca é demais relembrar a sua luta em prol da liberdade e da igualdade de direitos e de como se têm notabilizado em várias áreas de intervenção!

sexta-feira, 9 de março de 2012

Adivinha quem vem contar?


Nesta atividade convidámos algumas professoras e um aluno que já pertenceram à nossa escola para, em visita-surpresa a algumas turmas, lerem um conto, poema ou excerto de um livro, celebrando assim a Semana da Leitura e motivando os alunos para a descoberta de novos livros e novos sentidos. Os alunos aderiram com entusiasmo a esta iniciativa e alguns manifestaram vontade de que ela se repetisse mais vezes.
Muito obrigada aos nossos convidados por terem aceite o nosso desafio!

Hora do conto


Hora do conto, hora de encantamento. Quem não gosta de ouvir contar histórias? Elas fluiam, as crianças ouviam e a magia aconteceu...

quinta-feira, 8 de março de 2012

Concurso de Leitura Expressiva



Decorreu ontem, dia 7, o Concurso de Leitura Expressiva. Os alunos do 2º e 3º Ciclos e do Secundário foram realizando as suas leituras de um texto poético e de um texto narrativo com tanto empenho que a tarefa do júri não foi fácil. Mas, feito o cômputo das pontuações, eis os vencedores: 

2º Ciclo - Eduardo Nunes, 5º B
3º Ciclo - Maria Constança, 7º C
Secundário - Francisco Soutinho, 11 C e Gonçalo Coimbra, 11º H (ex aequo)

A Biblioteca Escolar dá os parabéns a todos os concorrentes e faz votos para que continuem a ter gosto e entusiasmo pela leitura! Boas leituras!

terça-feira, 6 de março de 2012

Livros à solta



Hoje realizou-se a 2ª sessão de Livros à Solta. Incluída na Semana da Leitura, este ano sob o lema "Cooperação e Solidariedade", contou com a participação do professor Manuel Miranda,que nos "abriu" o livro de que é autor Tiagolas e outras estórias.
O professor da nossa escola José Vieira Lourenço fez a apresentação do autor através da sua história  de vida, enquanto pai de Tiagolas e lutador incansável pela causa das pessoas com deficiência.

"A tua mão fala-me sem palavras.
A tua mão é a tua linguagem, a tua fala sem palavras."
                                                                        Manuel Miranda in Tiagolas e outras estórias

segunda-feira, 5 de março de 2012

Concurso "Cherub"

A Porto Editora promoveu hoje, na biblioteca da nossa escola, um concurso de apoio à leitura, tendo por tema um dos livros da  coleção Cherub, de Robert Muchamore. Depois de lerem "O Traficante", os alunos responderam a um questionário sobre o livro. Os 4 primeiros classificados receberam um livro da mesma coleção e uma t-shirt; todos os nove participantes tiveram direito a uma caneta, da coleção Cherub, bem como a um diploma de participação.
Os nossos agradecimentos à representante da Porto Editora, Alice Brito, que dinamizou o Concurso, e parabéns aos alunos participantes! 
              

sexta-feira, 2 de março de 2012

Projeto "Mundo Brilhante"



No dia 1 de março a nossa escola recebeu a visita do Dr. Alfredo Leite, do Projeto "Mundo Brilhante", para realizar sessões de Escita Criativa para as turmas D e F do 10º Ano, e motivar os alunos de todas as turmas do 8º ano para a leitura da obra "Antes de começar", de Almada Negreiros. Todas as sessões correram de forma viva e interativa e, além de motivarem para a escrita e a leitura, constituíram verdadeiras lições de vida para os alunos!

Semana da Leitura 2012 - atividades