Dia Mundial da Poesia |Há Poesia na escola



Neste Dia Mundial da Poesia, divulgamos os poemas dos nossos alunos que foram premiados na fase concelhia do Desafio de Poesia "Há Poesia na escola", que este ano tinha como tema "Sustentabilidade e Bem-Estar". 

Muitos parabéns!



Parar Para Pensar


O Homem está egoísta e agressivo
A engordar lixeiras de barriga cheia,
É pouco compreensivo
E com responsabilidade alheia.

Os fumos passeiam pelo céu 
As filas de carros são infinitas 
Onde o Homem é o réu
Das suas ações pouco bonitas.

Os solos e a água estão contaminados
O Planeta em desespero grita,
Em socorro de animais ameaçados
Mas o Homem não acredita!

Tudo cria poluição
É urgente reduzi-la,
Até o meu animal de estimação
Ajuda a produzi-la.

Mas…ele faz-me tão bem! 
Que dele não vou abdicar 
Faz-me bem como ninguém, 
Sem ele não posso passar.

O que faço para salvar o Planeta… pode ser diminuto
Talvez uma gota de água no oceano, 
Mas se não fosse o meu contributo
O oceano não teria o mesmo tamanho.

Vamos todos ser sustentáveis
Evitar o desperdício e a extravagância, Para que sejamos saudáveis
Que é o que tem maior importância.

É urgente parar, pensar, poupar e reciclar
O Planeta agradece,
Para gozarmos do bem-estar
Que toda a gente merece.

Miguel António Peralta Gaspar, 5.ºB
1.º lugar - 2.º Ciclo 



  Contra(o)tempo


Estilos de vida sustentáveis
E a necessidade nunca foi tanta.
Consequências inimagináveis
De tão inacreditáveis que o mundo espanta.



Muito se estranha tamanha passividade 
E calmaria que envolve o Homem, 
Perante a derrotada biodiversidade
E uma insanidade que muitos acolhem.



Um bem-estar finito
Que se acredita ilimitado. 
Uma ilusão inóspita
De um tempo vivo determinado.



Um tempo que esbraveja por mudança
Como uma criança anseia por um brinquedo, 
Por uma satisfação em segurança,
Longe de episódios de desalento e medo.



E uma carência de pensamentos racionais
Desprovidos de tumultos e sarilhos,
Pois “não herdámos a terra dos nossos pais,
Pedimo-la emprestada aos nossos filhos”.


  

Diogo André Lourenço, 10ºF
1.ºlugar - Secundário

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Desafio de Escrita "Coimbra inspira-me" | Textos Vencedores