Prémio PT para Chico Buarque com "Leite Derramado"

Chico Buarque de Hollanda e o par de olhos verdes mais famoso do Brasil. Por agora, sem motivos para chorar ou derramar leite.

O cantor e compositor brasileiro venceu o Prémio PT Literatura 2010, um dos mais importantes para países de língua portuguesa, com o livro "Leite Derramado"; este mesmo livro já tinha sido escolhido, na semana passada, para o mais prestigiado prémio das letras brasileiras, o Jabuti.
A lista de finalistas da oitava edição do prémio estava dominada por autores brasileiros - em nove, só uma nacionalidade destoava: o angolano Ondjaki. Por isso não é surpresa que o segundo e terceiros lugares tenham ido para autores do país irmão: "Outra Vida", de Rodrigo Lacerda e "Lar ", de Armando Freitas Filho, foram as outras escolhas do júri.

"Caim", de José Saramago, também esteve na corrida mas por vontade da Fundação e editora no Brasil, a Companhia das Letras, foi retirado da lista de dez nomeados. "Para que assim sejam reconhecidos novos autores da língua portuguesa", comunicou na semana passada a Fundação.
Na história do prémio Portugal Telecom só um português subiu ao primeiro lugar do pódio, Gonçalo M. Tavares com "Jerusalém", em 2007. António Lobo Antunes ficou em segundo lugar na edição de 2008, ano da publicação de "Eu Hei-de Amar uma Pedra".

Chico Buarque, que é um dos nomes mais importantes da Música Popular Brasileira, esteve exilado em Itália, lutou contra a ditadura militar no Brasil e assina sucessos musicais há quatro décadas. Foi com o romance "Budapeste" (2003) que Buarque venceu o prémio Jabuti e começou a ser levado a sério como escritor. Tanto que um dia um repórter norueguês lhe perguntou: "É verdade que você também é um compositor?".
Mais informação aqui.


Na biblioteca da nossa escola podem encontrar os seguintes livros de Chico Buarque:
Estorvo (1991)
Budapeste (2003)
Leite Derramado (2010)
Boas leituras!

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Sugestões de Leituras para o Natal!

Concurso de Podcasts - resultados