Parlamento dos Jovens 2015 - Ensino Público e Ensino Privado: Que desafios?




A educação é considerada a principal garantia de conquista da liberdade e igualdade de oportunidades a todos os cidadãos. Mas a diferença entre a qualidade do ensino público e privado ainda constitui uma barreira para vencer a desigualdade. O ensino público e privado não podem ser confundidos com más escolas  ou escolas de qualidade. Numa sociedade aberta, como Portugal, tem de haver lugar para o ensino público e privado, sobretudo de qualidade. Mas convém não esquecer que é o ensino público aquele que tem obrigação de garantir a igualdade de oportunidades.

À semelhança de anos anteriores a Escola Básica e Secundária da Quinta das Flores  participa no concurso Parlamento dos Jovens 2015Ensino Secundário. Dada a importância e atualidade do tema "Ensino Público e Ensino Privado: Que Desafios?", a atividade foi aceite por todos os intervenientes, professores/diretores de turma, Conselhos de Departamento/ de Turma/ Pedagógico e alunos, com muita recetividade.

Ao longo do 1º período foi feita a divulgação na Escola junto dos alunos e procedeu-se às formalidades legais como: constituição da Comissão Eleitoral Escolar Parlamento dos Jovens 2015 e indicação à Assembleia da República da data da Sessão Escolar. Para que os alunos aprofundassem o seu conhecimento sobre a temática a Comissão eleitoral dinamizou uma palestra sobre a temática.

No 2º período, nas duas primeiras semanas de janeiro, desencadeou-se todo o processo conducente à realização da Sessão Escolar, inserido no período da campanha eleitoral realizou-se o debate com a presença dos representantes e apoiantes das duas listas candidatas a escrutínio, bem como professores e outros alunos da Escola, num total de aproximadamente setenta participantes. O debate foi moderado pelo professor José Vieira Lourenço.
O ato eleitoral decorreu no dia 15 de janeiro e a Sessão Escolar realizou-se no dia 16 de janeiro, pelas 14,30 horas na Sala dos Grandes Grupos do Bloco B. Após a tomada de posse pelos deputados eleitos, estes iniciaram as suas funções elegendo a mesa da Sessão, cujo presidente foi o deputado Pedro Miguel Andrade. Este conduziu os trabalhos com dinamismo e responsabilidade, convidando os deputados a cumprir a ordem de trabalhos. No cumprimento da agenda de trabalhos, os deputados elaboraram o Projeto de Recomendação da Escola, elegeram os deputados à Sessão Distrital, Francisco Godinho, Duarte Godinho e João Paulo Monteiro e o candidato à presidência da mesa da sessão distrital, Gonçalo Gameiro. Escolheram ainda o tema a propor à Assembleia da República para o ano de 2016. 

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Desafio de Escrita "Coimbra inspira-me" | Textos Vencedores