Morreu o Nobel da Literatura Günter Grass

O alemão Günter Grass, Prémio Nobel da Literatura em 1999, morreu ontem, aos 87 anos, em Lübeck, no norte da Alemanha. Günter Grass nasceu em Gdansk a 16 de outubro de 1927. Em 1956, lança os primeiros livros de poesia e frequenta um curso de Artes Gráficas e Escultura em Düsseldorf. Para além da poesia, o escritor dedicou-se à prosa, teatro, artes gráficas e plásticas. 

A relação entre o escritor e Portugal era estreita. Passava pelo Algarve, onde tinha uma casa no concelho de Portimão e onde expunha a sua obra como artista plástico no Centro Cultural de São Lourenço, em Almancil, mas essa ligação ao país passava também e muito por José Saramago. Günter Grass colaborou recentemente como ilustrador do livro inédito de José Saramago Alabardas, Alabardas, Espingardas, Espingardas (Porto Editora), publicado em 2014. 

Além do Nobel, Günter recebeu os prémios Georg Büchner (1965), o mais importante da literatura alemã, um prémio da Sociedade Real de Literatura (1993) e mais recentemente uma distinção pelo Príncipe das Astúrias (1999). De Günter Grass, podem encontrar na nossa BE o livro Uma Longa História (Editorial Presença), além do referido Alabardas, Alabardas, Espingardas, Espingardas. 

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Sugestões de Leituras para o Natal!

Concurso de Podcasts - resultados