Prémio Nobel da Literatura para Svetlana Alexievich

A ficcionista e jornalista bielorrussa Svetlana Alexievich tornou-se ontem, aos 67 anos, o 112.º escritor (14ª mulher) a receber o Prémio Nobel da Literatura. 
Svetlana Alexievich nasceu em 1948 em Ivano-Frankivsk (então Stanislav), na Ucrânia, filha de pai bielorrusso e mãe ucraniana, ambos professores, e ela própria se dividiu durante algum tempo entre a docência e o jornalismo. O que caracteriza a sua obra é o modo como procura dar literalmente voz àqueles que viveram os acontecimentos que aborda: as mulheres na II Guerra, os soldados soviéticos mortos no Afeganistão, as consequências do acidente nuclear de Chernobyl ou a criação e sobrevivência do Homo sovieticus
Já este ano foi editado pela Porto Editora a sua única obra disponível em português até ao momento, O Fim do Homem Soviético - Um Tempo de Desencanto, originalmente publicado em 2012, e que lhe valeu no ano seguinte o Prémio Médicis de Ensaio, tendo ainda sido considerado o melhor livro do ano pela revista literária francesa Lire.
Ler mais em Público

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Sugestões de Leituras para o Natal!

Concurso de Podcasts - resultados