Sugestão de leitura - O Tesouro do Veleiro Espanhol


Os Primos partem com os embaixadores Torres para uma semana de férias em Valência, Espanha, durante a final da Taça América, a bordo de um magnífico veleiro. Com eles encontra-se o jovem americano Richard Grant e o espanhol Javier, filho do skipper, Alonso. Pouco antes de assistirem à primeira regata, os Primos observam um saco preto a boiar na água e recolhem-no. Estranhando as reacções dos adultos, decidem abrir o saco pela calada da noite, mas alguém consegue antecipar-se. No dia seguinte, descobrem quatro misteriosas cópias do cálice mais desejado do mundo, o Santo Graal, e convencem-se de que existe um mistério a resolver. As desconfianças entre os passageiros começam a vir ao de cima: os Primos conhecem o passado de Alonso e desconfiam dele, mas os Grant também não lhes inspiram confiança. As dificuldades e as surpresas aumentam, quando um estranho veleiro sem tripulação quase abalroa o Mi Vida para desaparecer subitamente a coberto do intenso nevoeiro. Os Primos decidem ter uma reunião no mar, fora do espaço restrito do barco, mas são atacados por quatro tubarões e Ana é ferida. O motor e o rádio não funcionam, não há comida a bordo e ninguém responde ao SOS. Por fim aparece o enigmático capitão Pizarro que, depois de manter como reféns todos os adultos, lhes fala de um incrível tesouro escondido num galeão no fundo do mar

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Sugestões de Leituras para o Natal!

Concurso de Podcasts - resultados