Louise Glück | Prémio Nobel da Literatura de 2020


A poeta norte-americana Louise Glück, nascida em 1943, em Nova Iorque, venceu o Prémio Nobel da Literatura 2020, anunciou, esta quinta-feira, a Academia Sueca. O júri atribuiu o galardão a Glück para assinalar a sua "voz poética inconfundível, que com beleza austera, faz universal a existência individual".

Ensaísta e poeta, Louise Glück é também professora na Universidade de Yale. Desde cedo referiu a marca da psicanálise no seu trabalho de escrita, além da inspiração de Rainer Maria Rilke e Emily Dickinson. Publicou 14 livros de poesia e dois de prosa. Entre os prémios recebidos estão o Pulitzer, o National Book Award e o Bollingen. Este ano, venceu também o Prémio Tranströmer.
 

Louise Glück é a 15.ª mulher a receber um Prémio Nobel da Literatura.

As obras da norte-americana não estão publicadas em Portugal, mas alguns dos seus poemas foram traduzidos e apresentados em antologias e revistas. "O Poder de Circe" e "Paisagem/3" são dois deles. Podem ser lidos aqui.



Comentários

Mensagens populares deste blogue

Desafio de Escrita "Coimbra inspira-me" | Textos Vencedores