PNL | Um livro por semana | Um livro… de culto.



O Quarteto de Alexandria é uma tetralogia de romances do escritor Lawrence Durrell, publicados entre 1957 e 1960. Os primeiros três livros apresentam três perspetivas da mesma sequência de acontecimentos e personagens, passados em Alexandria, durante a II Guerra Mundial e o quarto livro passa-se seis anos mais tarde.

Justine, o primeiro livro da tetralogia, centra-se na bela esposa judia de Nessim, um poderoso banqueiro copta, narrando, do ponto de vista de um jovem aspirante a escritor, os encontros e desencontros de um grupo de amigos que se conhecem na cidade de Alexandria no período anterior à Segunda Guerra Mundial. Darley, o narrador, envolve-se com duas mulheres - a misteriosa Justine e a frágil Melissa. A partir desta complexa relação, nasce uma trama carregada de erotismo e subtilezas.

Em Balthazar o narrador, isolado numa ilha onde vive com a pequena filha de Melissa, recebe a inesperada visita de Balthazar, que lhe entrega o manuscrito de Justine. Relendo o seu próprio texto e os comentários do amigo, Darley revive o seu envolvimento com as mulheres do seu passado e toma conhecimento de novos factos.

Em Mountolive, o terceiro livro de O Quarteto de Alexandria, o autor apresenta os acontecimentos narrados em Justine e Balthazar sob uma nova perspetiva. A guerra faz a sua aparição e a trama gira agora em torno do embaixador britânico, David Mountolive, tendo como ponto de partida as recordações da sua paixão por Leila, a mãe de Nessim. Darley regressa a Alexandria a pedido de Nessim, levando a menina para que o pai e Justine a conheçam. O regresso do escritor é o fio condutor de Clea, o último volume desta série exuberante e sensual que é considerada uma obra-prima da literatura.“

in O Quarteto de Alexandria, Ed. Dom Quixote


Lawrence Durrell (1912-1990) foi um dos mais célebres romancistas ingleses do final do século XX. Nascido na Índia, frequentou o Colégio dos Jesuítas em Darjeeling e a St Edmund’s School, em Canterbury. O seu primeiro trabalho literário, The Black Book, surgiu em Paris, em 1938. A primeira coletânea de poemas, A Private Country, foi publicada em 1943, seguida pela trilogia Island: Prospero’s Cell, Reflections on a Marine Venus e Bitter Lemons.
A sua estada no Egito entre 1942 e 1945, durante a guerra, conduziu-o à sua obra-prima, O Quarteto de Alexandria, uma evocação sensual e brilhante de Alexandria no tempo da Segunda Guerra Mundial, obra que completou no Sul de França onde se instalou definitivamente em 1957.
                                                                                                                                      in Ed. Dom Quixote
Na biblioteca da nossa escola podem encontrar os quatro livros do Quarteto de Alexandria: Justine,
Balthazar, Mountolive e Clea .

Ler mais em PNL.

 



Comentários

Mensagens populares deste blogue

Sugestões de Leituras para o Natal!

Concurso de Podcasts - resultados